.


Sistema Solar em tempo real para educação astronômica...

Please install latest Flash Player to run Solar System Scope

PROPAGAÇÃO

segunda-feira, 29 de abril de 2013

SERIA O NOVO BUDA?

 

Palden Dorje, nome budista de Ram Bahadur Bomjon, (Ratanapuri, Nepal, 9 de abril de 1990) é um jovem budista nepalense que vem recebendo milhares de visitantes e a atenção da mídia por estar meditando durante meses seguidos sem, aparentemente, consumir alimentos ou água. Dorje iniciou a sua meditação em 16 de maio de 2005, desapareceu de sua cidade em 11 de março de 2006, reaparecendo em outra localidade do Nepal em 26 de dezembro de 2006. Desapareceu novamente em 8 de março de 2007. Em 26 de março de 2007, foi encontrado por inspetores da polícia, meditando dentro de um fosso quadrado de sete pés de profundidade, em um outro ponto de Ratanapuri. Em um documentário produzido pela Discovery Channel, Dorje foi filmado meditando ao lado das raízes de uma imensa árvore por cinco dias consecutivos, tempo que acredita-se que o ser humano é capaz de sobreviver sem consumo de água. Além da Discovery Channel comprovar que ele sequer se moveu durante esse período, especialistas em nutrição ficaram pasmos com o fato de que sua pele não ficou ressecada e que, mesmo estando a no máximo 15 graus Celsius (e talvez abaixo de zero durante a noite), por vezes gotas de suor escorriam pelo seu rosto. Em 19 de Janeiro de 2006, as suas vestes pegaram fogo espontaneamente, mas nenhum vestígio de queimaduras foi encontrado no seu corpo apesar de prolongados minutos de exposição ao fogo, conforme testemunha um vídeo recolhido pelos seus fiéis em Bara. Família, infância e monastério. Dorje nasceu de uma família simples de agricultores e foi o terceiro de cinco filhos. Sua mãe conta que durante a gravidez de Bomjon ela se tornou incapaz de comer carne sem adoecer. Seu filho igualmente nunca aceitou a carne e desde pequeno já se ausentava de casa por longos intervalos para meditar. Demonstrava grande felicidade ao ver um lama ou uma pessoa sagrada e meticulosamente imitava-os. Ainda segundo a narrativa de sua mãe, Palden Dorje sempre levou os seus estudos a sério e raramente brincava com outras crianças, decidindo em vez disso permanecer sozinho. Recusava-se a participar de disputas e foi sempre calmo. Seu passatempo preferido era dedicado à escrituras sagradas e a meditação. Diante desse comportamento, seu pai o enviou para estudar com dois Lamas em sua aldeia. Depois que Ram Bomjon decidiu abraçar uma vida religiosa, ele foi levado para ser educado pelo Guru Som Bahadur Lama que vivia em Sudha. Palden Dorje foi iniciado junto com um grupo de nove outros estudantes, mas recusou-se a cortar o seu cabelo antes da iniciação, rompendo uma tradição budista. Foi depois desta iniciação que recebeu o nome budista. Conforme os costumes, os iniciados deveriam meditar durante até um mês em uma caverna. Seu professor Som Bahadur Lama ficou surpreso com a tranqüilidade de Palden Dorje ao adaptar-se à situação, requerendo pouco alimento. Depois de concluir a sua educação budista durante dois anos, todos os nove iniciados foram a Lumbini, o lugar de nascimento do Senhor Buda, por turismo. Palden Dorje foi fortemente influenciado por este lugar e aprofundou ali a sua determinação religiosa. Os outros oito iniciados retornaram, mas ele recusou voltar. Em vez disso, ele foi a Dehradun para aumentar a sua educação religiosa com os Lamas de Dehradun e depois retornou a cidade à beira do lago de Pokhara. Em seguida atravessou um período enfermo e pediu à sua família para evitar alcool e carne, afirmando que isso poderia piorar seu estado. Logo depois, sem estar totalmente recuperado, desapareceu.
 
 
 
 
Fonte: cubbrasil.net
 
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Recent Posts

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...